Quarta-feira, 2 de Maio de 2018

até sempre,

Salomé. Veio ao encontro da minha vida num mês de abril de um ano recente, entre pincéis e lápis. Serena, quase secreta mas divertida e cúmplice na sua reserva delicada. Hoje que a sepultam, sei que das muitas memórias que guardo, haverá sempre a de uma belíssima tarde de sol na Ericeira. 

m. às 23:34
#

fora de prazo

caixa de correio

azulcobalto[at]sapo[dot]pt

© textos & imagens

maria marques
Salvo outra indicação, os textos e as fotografias aqui editados são da autoria de «maria marques», não podendo ser utilizados, total ou parcialmente, sem o prévio consentimento da autora.
#

o seu a seu dono

Creative Commons License